Início / Laboratórios | Modos de funcionamento / Diagrama Virtual de Ação

Diagrama Virtual de Ação

TRAÇOS E CAMINHOS

Intra-relacionar as linhas diferenciais e Inter-relacionar as zonas comuns de afirmação:

Ampliar a percepção de si, dos desejos e da realidade na relação com os outros processos. Catalisação e expansão dos devires. Interações de práticas e mais variadas maneiras - expor ideias, esboços, ensaios - que se tornam instrumentos e produtos disponibilizáveis como alternadores e revezadores para sustentar a continuidade dos devires ou processos criativos.

Escolha de sub-tema:

Algo que te instigue. Zonas em que o teu desejo tende a permanecer e a investir na percepção das variações.
O sub-tema pode ser genérico ou específico; ele é um primeiro sentido de investimento, uma zona de destaque. Sua escolha tem como motivo essencial o potencial plástico, a capacidade de transmutação - jamais tornar-se refém de uma projeção ideal ou forma a se atingir.

Criação de problema:

Sub-temas não bastam por si mesmos, e um mesmo pode ter inúmeras zonas de problematização. É preciso que eles se tornem disparadores de desejos como acontecimentos da vida. E mais, como horizonte e motor de um desejo, o tema tende a desdobrar-se em ações possíveis cujas modalidades de realização constituem um campo problemático.
O problema se tece com o que transborda nas maneiras de existir; com a emergência de um desejo na fronteira de um investimento sutil, uma inquietação lapidada e consistente.

Pesquisa, criação de roteiro e condições de efetuação:

Trabalha-se a intuição ou a espreita, modos de criar idéias a partir da observação da realidade.

Coleta e seleção de material a partir de um modo de recortar segundo a visão que move ou motivo-problema:

• Mapeamento dos investimentos de desejo, ou seja, dos modos de usar, ocupar, passar, ocupar e aplicar o tempo. Onde estou agora? E ligado em que? E o que faço com isso que me acontece nessa posição ou disposição do desejo investido de tal ou qual maneira?
• Apreensão de uma materialidade rara no meio do lixo (profusão material indiscriminada) estatístico: não privilegiar o número ou a erudição: pesquisa de campo (selecionar, focar e intensificar o tema-problema através da experiência cotidiana – olhar etológico); pesquisa através de material de obras de arte e de ensaios críticos.

Conclusão de processos:
Expressão que problematiza e cria de valores de combate nas relações microfísicas e micrológicas do desejo. Traçar direções e critérios que investem a presença do desejo e a atenção do pensamento em zonas de passagem ou transformação de sentido e valor. Assim se colocam em devir as matérias e as idéias criadas.
Preparar e compor os produtos, e criar as condições para realizar circulações e reproduções multimeios, mostras, exposições, distribuições.
Continuidade expandida e diferenciada de todo o processo a partir do produto tomado como combustível ou alimento ativador do eterno retorno de todos os tempos do jogo.

Recomendamos

Método de Auto-Gestão

Do Método de Auto-Gestão: As equipes são autogeridas e compostas por modos multicoordenados de relação, …

Por favor, utilize o espaço abaixo para afirmar seu comentário. Caso queria fazer perguntas ou trazer alguma demanda, pedimos que utilize o link CONTATO no menu de topo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *